Greve dos Enfermeiros...

Publicado por Alguém... às 21:45

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010


Issues.

Publicado por O Perfeito Idiota às 22:47

sábado, 26 de dezembro de 2009

Que nome se atribuirá ao Pai Natal quando este perde umas das suas preciosas renas..?
>> Insuficiente renal..?

Collect call.

Publicado por O Perfeito Idiota às 05:03

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Quase a desmaiar de irritação por não conseguir adormecer estou aqui eu a projectar escrever mais esta mensagem.
Alguém com cunha no senhor que manda nestas coisas do ronco, precisa-se! Tenho urgência em corromper o soninho... Vá lá... deixa-te de coisas se faz favor!!! Bem sei que não tenho um cheque de 10mil euros para oferecer, mas ainda assim apelo ao teu bom senso.

Obrigado. Vês... Não foste assim tão díficil de peitar.

Boa? Boa.

Peixes.

Publicado por O Perfeito Idiota às 04:26

AMOR - uma relação amorosa mal precavida poderá render-lhe uma injecção de penicilina.
SAÚDE - uma relação amorosa mal precavida poderá render-lhe uma injecção de penicilina.
DINHEIRO - quando limpar por baixo dos assentos do carro, irá encontrar mais de 30 em várias moedas. A saber euro, libra e peseta.
OBJECTO DA SORTE - calçadeira.

Horóscopo do mês, in Revista 365

Mais um desafio.

Publicado por O Perfeito Idiota às 02:21



Aceitei fazer parte de um projecto novo [para mim]. Vou fazer o curso de Enfermeiro do Centro de Orientação de Doentes Urgentes - CODU LX.

Vou passar para o outro lado.

Boa? Boa.

Mulher do Norte

Publicado por Alguém... às 22:25

domingo, 27 de setembro de 2009

Batem à porta de uma Senhora e perguntam-lhe:
- Boa Tarde. A Senhora quer ser Testemunha de Jeová?
A senhora responde:
- FUÂDA-SE!!!! Eu nem bi o acidente, carago!!!

O padre travesti

Publicado por Coach Mourinha às 17:39

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Ты ж мэнэ пидманула

Publicado por O Perfeito Idiota às 01:25

terça-feira, 7 de abril de 2009



Boa? Boa.

Cenas...

Publicado por Alguém... às 00:07

sábado, 4 de abril de 2009

Situação: O fim das férias.
Ano 1978
:Depois de passar 15 dias com a família atrelada numa caravana puxada por um Fiat 600 pela costa de Portugal, terminam as férias. No dia seguinte vai-se trabalhar.
Ano 2008:Depois de voltar de Cancún de uma viagem com tudo pago, terminam as férias. As pessoas sofrem de distúrbios de sono, depressão, seborreia e caganeira.

Situação: Chega o dia de mudança de horário de Verão para Inverno.
Ano 1978:Não se passa nada.
Ano 2008:As pessoas sofrem de distúrbios de sono, depressão e caganeira.

Situação: O Pedro está a pensar ir até ao monte depois das aulas, assim que entra no colégio mostra uma navalha ao João, com a qual espera poder fazer uma fisga.
Ano 1978
:O director da escola vê, pergunta-lhe onde se vendem, mostra-lhe a sua, que é mais antiga, mas que também é boa.
Ano 2008:A escola é encerrada, chamam a Polícia Judiciária e levam o Pedro para um reformatório. A SIC e a TVI apresentam os telejornais desde a portada escola.

Situação: O Carlos e o Quim trocam uns socos no fim das aulas.
Ano 1978
:Os companheiros animam a luta, o Carlos ganha. Dão as mãos eacabam por ir juntos jogar matrecos.
Ano 2008:A escola é encerrada. A SIC proclama o mês anti-violência escolar, O Jornal de Notícias faz uma capa inteira dedicada ao tema, e a TVI insiste em colocar a Moura Guedes à porta da escola a apresentar o telejornal, mesmo debaixo de chuva.

Situação: O Jaime não pára quieto nas aulas, interrompe e incomoda os colegas.
Ano 1978
:Mandam o Jaime ir falar com o Director, e este dá-lhe uma broncade todo o tamanho. O Jaime volta à aula, senta-se em silêncio e não interrompe mais.
Ano 2008:Administram ao Jaime umas valentes doses de Ritalin. O Jaime parece um Zombie. A escola recebe um apoio financeiro por terem um aluno incapacitado.

Situação: O Luis parte o vidro dum carro do bairro dele. O pai caça um cinto e espeta-lhe umas chicotadas com este.
Ano 1978:O Luis tem mais cuidado da próxima vez. Cresce normalmente, vai à universidade e converte-se num homem de negócios bem sucedido.
Ano 2008:Prendem o pai do Luís por maus-tratos a menores. Sem a figura paterna, o Luís junta-se a um gang de rua. Os psicólogos convencem a sua irmã que o pai abusava dela e metem-no na cadeia para sempre. A mãe do Luís começa a namorar com o psicólogo. O programa da Fátima Lopes mantém durante meses o caso em estudo, bem como o Você na TV do Manuel Luís Goucha.

Situação
: O Zézinho cai enquanto praticava atletismo, arranha um joelho. A sua professora Maria encontra-o sentado na berma da pista a chorar. Maria abraça-o para o consolar.
Ano 1978
:Passado pouco tempo, o Zézinho sente-se melhor e continua a correr.
Ano 2008: A Maria é acusada de perversão de menores e vai para o desemprego.Confronta-se com 3 anos de prisão. O Zézinho passa 5 anos de terapia em terapia. Os seus pais processam a escola por negligência e a Maria portrauma emocional, ganhando ambos os processos. Maria, no desemprego e cheiade dívidas suicida-se atirando-se de um prédio. Ao aterrar, cai em cima de um carro, mas antes ainda parte com o corpo uma varanda. O dono do carro e do apartamento processam os familiares da Maria por destruição de propriedade. Ganham. A SIC e a TVI produzem um filme baseado neste caso.

Situação: Um menino branco e um menino negro andam à batatada por um ter chamado 'chocolate' ao outro.
Ano 1978
:Depois de uns socos esquivos, levantam-se e cada um para sua casa. Amanhã são colegas.
Ano 2008:A TVI envia os seus melhores correspondentes. A SIC prepara uma grande reportagem dessas com investigadores que passaram dias no colégio aaveriguar factos. Emitem-se programas documentários sobre jovens problemáticos e ódio racial. A juventude Skinhead finge revolucionar-se a respeito disto. O governo oferece um apartamento à família do miúdo negro.

Situação: Fazias uma asneira na sala de aula.
Ano 1978
:O professor espetava duas valentes lostras bem merecidas. Ao chegar a casa o teu pai dava-te mais duas porque "alguma deves ter feito".
Ano 2008:Fazes uma asneira. O professor pede-te desculpa. O teu pai pede-te desculpa e compra-te uma Playstation 3.

É o que temos...

Dá-lhe Falâncio...!

Publicado por Alguém... às 21:05

quinta-feira, 19 de março de 2009

Publicado por O Perfeito Idiota às 14:54

terça-feira, 17 de março de 2009



Boa? Boa.

Estes foram verdes anos.

Publicado por O Perfeito Idiota às 13:07

segunda-feira, 16 de março de 2009



Entrei nos dourados anos.
Boa? Boa.

Publicado por O Perfeito Idiota às 10:52

Não tenho luxos, mas sou rico à minha maneira.



Vídeo oficial dos Macacos do Chinês do single Rolling na Reboleira, incluído no álbum Ruídos Reais.

Boa? Boa.

O Batman do século XXI

Publicado por 10/10 às 22:47

sexta-feira, 6 de março de 2009

digno de idiotedo

Publicado por Coach Mourinha às 08:52

quarta-feira, 4 de março de 2009

video

Umas abelhas perdidas algures .....

JONTEX

Publicado por Coach Mourinha às 08:46

video

Idioteca

Publicado por O Perfeito Idiota às 12:07

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009



«eu sou e serei o filho do reculuso»...

Living is a losing game

Publicado por O Perfeito Idiota às 16:42

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009





Eu gostava de alterar muito este mundo. Alterar para melhor. Mas, não basto. Desenrasco. Desemerdo, sem intuito de acrescentar ambições ou confusões novas à minha vida.


Sou fiel à vida, não desisto e acredito no viver. Não acredito é nesta tipologia de viver, porque é triste e resignada à realização dos sonhos gulosos dos outros, enquanto os nossos ficam em suspenso numa atmosfera de infelicidade e frustração. Aos trinta anos, apresento um olhar desvirginado em desencanto no qual a aurora desperta, por vezes, uma original vontade de fugir, de correr, de ser, de transgredir, de insubordinar-me através dum agir revolucionário.


Já não há heróis. Nem Super-heróis. Autómatos, apenas.


Pertenço a uma geração de portugueses outrora rasca, mas, cada vez mais enrascada. Não possuímos a coragem de pensar, de falar, de mostrar as assoalhadas descoradas em que vivemos. Somos a geração dos doutores deslumbrados, eternos insatisfeitos e deprimidos, trancados na solidão dos condomínios privados pelos portões e janelas duma hipoteca com um spa de cinquenta anos.


Pertenço a uma geração de portugueses outrora sonhadora, mas, cada vez mais endividada. Não dizemos com vontade basta à ganância dos spreads dos sonhos dos outros, à corrupção activa ou passiva, de forma tentada ou de forma consumada, à cunha do amigo conhecido do familiar afastado - BASTA! Somos a geração dos doutores globalizados, viajados e em crise mundial, desempregados ou empregados a prazo num contrato de 500 euros a recibos verdes, que afinal se transformaram em azuis após tanta lágrima derramada sobre os livros duma faculdade, que para pouco serviu.


A vida deixou de procurar o sentido - o Ser, ambicionando apenas a posse - o Ter. É na medida do possível, mediana, abafadora de emoções, alimento banal consumido por conjunturas off-shore, criadas e mediadas por gente sem rosto. Vivemos mal uma vida precária, venal e [muito] frágil, na qual a realidade ultrapassa há muito a ficção. Questiono-me se será possível realmente mudar este legado? Será que podemos querer ser felizes? O que nos impede, afinal?

via casadeosso.blogspot.com

Publicado por O Perfeito Idiota às 15:22

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009


Faixa 09 ou o caralho from Isabelle Chase Otelo on Vimeo.

Boa? Boa ou o caralho.

Contado ninguém acredita.

Publicado por O Perfeito Idiota às 12:15

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009


I laughed and shook his hand,
I made my way back home,
I searched for form and land,
Years and years I roamed,
I gazed a gazely stare,
We walked a million hills
I must have died alone,
A long long time ago.
The man who sold the world, NIRVANA
Não podia estar mais de acordo contigo camarada Alguém... Boa? Nem por isso.

Ding Dong

Publicado por O Perfeito Idiota às 10:36

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009



You touch my talalá... Boa? Boa.

Nojistas

Publicado por Alguém... às 02:33

domingo, 18 de janeiro de 2009

Após observar uma latrina conspurcada, cheguei a casa e sentei-me à secretária vergado pela vontade… tempo, tempo, tempo... parece-me faltar, ou talvez não o esteja a aproveitar… os dias passam e o descontentamento é crescente, bem como o pensamento que me martela na mente… mudança, mudança, mudança… martela a marreta da consciência. Como pode ser dolorosa a consciência, a crítica, a reflexão… dia após dia a injustiça desavergonhada, fraude clamorosa, embuste surreal, mentira descarada… “o futuro está a saque!” sussurro eu.

Enquanto uns vivem agarrados ao passado e outros tentam sobreviver no presente, existe uma espécie que saqueia o futuro. Eles não descendem directamente do Ser Humano, mas sim do bolor que floresce nos dejectos excrementosos. Eles auto intitulam-se Dirigentes, outros Lideres ou ainda Governantes. Penso que algo que se desenvolve e cresce dos dejectos excrementosos, se devia chamar Nojio. Nos tempos que correm penso mesmo que não vivemos no democratismo… pois ao inalar o seu cheiro pútrido digo alto e em bom som “vivemos no Nojismo!”

Corrente política criada pelos Nojistas, que para além de viver à conta da propaganda, da imagem, do faz que não faz e do não faz que faz. Vive ainda do sentimento fácil e da mentira de perna curta, do trabalho de muitos em prol de alguns…

A vergonha para os Nojistas é como o papel higiénico, pode sempre comprar-se mais!

Como as fezes contaminam a água imaculada dos sanitários, também os Nojistas nos contaminam com as suas dissimulações, as suas falsidades e os seus discursos diarreicos, ricos em peçonha e pobres em integridade…

Pão e circo como na Antiga Roma. Com pão e com circo, nem o fedor quente e húmido da matéria corpórea que os Nojistas expelem pela boca, vinda dos seus estômagos grandes e fartos, incomodam aqueles que dizem baixinho “não sei, nem quero saber”, “não é nada comigo”, “são todos iguais, pelo menos estes roubam, mas fizeram alguma coisa.”

Ataviados eles andam, bem montados em seus cavalos. Nação abaixo, nação acima pelas auto-estradas vai-se mais rápido, mas pouco ou ninguém se vê! Por essas belas estradas, muito se contempla e o aroma é bem mais fresco e sadio. Mas quem da trampa nasce, na trampa quer estar. Nem que para isso o trabalhador e o justo, tenham que lesar… palavras sábias as de um Velho Ancião lá para os lados do Marão.

Conta-se que os Nojistas são bom adubo para a terra… é verdade sim senhor. Desde então a terra tem sido rica em desigualdades, pobreza, miséria, injustiça, fome… diz o Velho Ancião lá para os lados do Marão que os Nojistas deitados à terra, ficam com as raízes mais profundas que um tumor. Estes sugam a esperança, a determinação, a alegria, os sonhos e em último estádio a vontade de lutar…

Só parece existir uma solução! É ter o olfacto bem apurado e o ouvido bem aguçado. E quando sentirem o odor fétido e repugnante dos Nojistas excrementosos, bem como o seu falar borbulhante e gargarejante, desconfiem!

Se te dizem “vamos dar mais”, cuidado que te vão tirar!
Se te dizem “vamos tirar”, cuidado que te vão tirar o dobro do que te disseram!
Se te dizem “queremos a mudança”, cuidado que vai ai mais do mesmo!
Se te dizem “contamos contigo”, cuidado que vais ser esquecido!
Se te dizem “a crise acabou”, cuidado que ela vai começar!

Aqui quem muda é a merda, porque as moscas são sempre as mesmas…

Se os Nojistas queremos fazer desaparecer,
só há uma maneira de o fazer.
Pega numa pá bem grande
e ao escaravelho dá-los de comer!

Assim falou o Velho Ancião lá para os lados do Marão…



A vida são três dias.

Publicado por O Perfeito Idiota às 16:17

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Um para acordar.
Um para viver.
Um para morrer.

Instigação: ano novo vida nova.

Publicado por O Perfeito Idiota às 12:30

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

De acordo com o nosso primeiro e único engenheiro técnico e primeiro-ministro, os trabalhadores portugueses dos tempos modernos não podem esperar trabalhar numa única área profissional, durante a longa duração da sua vida activa.
Atentamente, operfeitoidiota deixa aqui um estímulo que deve ser encarado como um caminho versátil a explorar por todos aqueles trabalhadores por conta de outrem que partilham um sentimento de insatisfação na sua área laboral.




Boa? Boa.

Por um 2009 melhorzinho!

Publicado por O Perfeito Idiota às 12:28

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Publicado por O Perfeito Idiota às 12:48

sábado, 27 de dezembro de 2008

[Um clássico da idiotice gravada em vídeo]

Publicado por O Perfeito Idiota às 11:25

video

Boa? Boa, assim assim.

Questão linguística.

Publicado por O Perfeito Idiota às 11:19

- Do you speak English?
~ Yes!
- Name?
~ Abdul al-Rhazib.
- Sex?
~ Three to five times a week.
- No, no... I mean male or female?
~ Yes, male, female, sometimes camel.
- Holy cow!
~ Yes, cow, sheep, animals in general.
- But isn't that hostile?
~ Horse style, doggy style, any style!
- Oh dear!
~ No, no! Deer runs too fast...

Bos? Boa.

Prova de Esforço

Publicado por O Perfeito Idiota às 12:03

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

video

Vale bem a pena ser visto com o volume das colunas no topo.
Boa? Boa.

Em grande.

Publicado por O Perfeito Idiota às 19:21

sábado, 13 de dezembro de 2008