Martírio. (2)

Publicado por O Perfeito Idiota às 16:02

sexta-feira, 30 de novembro de 2007


Dúvida espiritual: na cultura muçulmana, que promessa farão a um mártir bombista suicida homossexual?

Nem boa. Nem má. Assim assim.

Martírio.

Publicado por O Perfeito Idiota às 15:06

Sinceramente, ainda não compreendi a crença muçulmana na morte santa, quando interpretada pela personagem do mártir bombista suicida, que se sacrifica ao mesmo tempo que se faz explodir num local apinhado de infiéis. A principal razão desta incompreensão relaciona-se com a questão central da crença do sétimo céu - a promessa da existência de um hárem pessoal e exclusivo de setenta e duas virgens, para todo o mártir que tiver uma morte santa em nome de um ideal superior, ou seja, em nome de Alá.
Mas quem é que na posse inteira das suas faculdades fisícas e mentais se martirizaria por setenta e duas virgens? Eu não, com muita certeza. Passo a explicar: primeiro, ninguém assegurou que as setenta e duas virgens serão todas giras e esbeltas; segundo, ninguém assegurou que as setenta e duas virgens serão todas do sexo feminino... apenas asseguram a virgindade, o que na minha opinião é muito vago; e, terceiro, mesmo que as setenta e duas virgens sejam do sexo feminino, imaginem-se como o único homem de setenta e duas mulheres em síndrome pré-menstrual! É obra...
Ora se isto é o paraíso para um muçulmano imagine-se o inferno para estes meninos. Quanto a mim, só serei um activista nisto de morrer com a explosão de uma bomba num mercado qualquer, se me garantirem, em escritura lavrada por notário, que após a minha morte santa terei à minha espera setenta e duas actrizes pornográficas de elite! Boa? Boa.

Há próstatas fantásticas não há?

Publicado por James às 02:32


Após vários estudos um grupo de urologistas austríacos descobriu o impossível: as mulheres afinal também têm próstata! E as que a têm sentem o orgasmo de maneira diferente... Upa upa...

The Journal of Sexual Medicine

Formidável!

Bucha e Estica

Publicado por James às 02:56

quarta-feira, 28 de novembro de 2007


Alguns dizem que é a frase da semana mas "esticando" um bocadinho "a bucha" arrisco-me a dizer que é a frase da década...

"Enquanto o meu chefe fizer de conta que eu ganho muito, eu faço de conta que trabalho muito . . ."

Formidável!

Queda de um avião

Publicado por Coach Mourinha às 16:46

segunda-feira, 26 de novembro de 2007

video

Por mim acho que dispensa comentários........

Um pequeno conveniente.

Publicado por O Perfeito Idiota às 15:56

Ela: - Já ouviste a última do Rod Stewart?
Eu: - É mesmo a última?
Ela: - hum... acho que sim. Porquê?
Eu: - É que já está na altura do gajo ir andando... boa?! Boa!

Isto está bonito, está...

Publicado por O Perfeito Idiota às 15:53



Boa? Boas.

É disto que o meu povo gosta.

Publicado por O Perfeito Idiota às 12:06


Qual calma qual quê... O povo está tenso!

Publicado por O Perfeito Idiota às 11:49


...

Calma. O povo ainda é sereno.

Publicado por O Perfeito Idiota às 11:40

...

Calma. O povo é sereno!

Publicado por O Perfeito Idiota às 11:38


...

É inevitável, porque eu sei que vai dar que falar.

Publicado por O Perfeito Idiota às 11:00

Após leitura do post anterior, estou em crer que algumas mentes devolutas e rarefeitas em inteligência presumiram de forma abrupta que operfeitoidiota está a ficar lamechas.
Apesar da micose que invadiu o espaço mediano da minha nádega esquerda, e que me dá para coçar durante um a dois minutos tempestivos, em locais apinhados de pessoas, o autor deste blogue não caíu no campo da lamechice. Nem se encontra sequer na raia. Desta forma, o autor do referido reserva-se no direito de defender o seu bom nome através da publicação imediata de quatro posts, que demonstrarão a sua natureza íntegra e máscula.
Vá... mas não se demorem muito por aqui e vão lá viver as vossas vidas próprias, em vez de andarem por aqui armados em oculistas letrados na temática da lamechice, e coiso e tal... porque o não são e porque dependem saprofitamente da lamechice dos outros para sobreviverem. Até quase que aposto que são meninos para terem nos vossos lares uma Bimby... certo? Que rabetas... shame for you.

Boa? Boa.

Nota do autor sobre ti, o marca passo do seu coração.

Publicado por O Perfeito Idiota às 10:34


São belas - bem o sei, essas estrelas
Mil cores - divinais têm essas flores;
Mas eu não tenho amor, olho para elas;
Em toda a natureza
Não vejo outra beleza
Senão a ti - a ti!


in Folhas Caídas, Almeida Garrett [excerto]

Tenho de começar a lidar com a probabilidade disto poder vir a acontecer.

Publicado por O Perfeito Idiota às 02:36

sábado, 24 de novembro de 2007


Boa? Boa.

Os infames 25%

Publicado por Pedro às 23:55

sexta-feira, 23 de novembro de 2007

Acreditem, NÃO é só pelo dinheiro, porque nem 500% pagam isto...


... mas ouvi dizer que a senhora foi forçada a tirar a foto... apesar de este senhor ser muito giro!!! Dizem!!!

Figuras tristes (1)

Publicado por Pedro às 23:20

E como quem não sabe escrever partilha videos, cá está uma de muitas...

O Imitador...

Publicado por Pedro às 19:58

A principal causa do aquecimento global.

Publicado por O Perfeito Idiota às 12:39


Boa? Muito.

Esta mulher é uma pedagoga...

Publicado por O Perfeito Idiota às 23:50

quinta-feira, 22 de novembro de 2007



Aula deveras didática.
Boa? Boa.

O meu 500 vem com este extra...

Publicado por O Perfeito Idiota às 13:42

Boa? Boa.

Ficava-te muito bem!

Publicado por O Perfeito Idiota às 13:26





É muito giro. É, sim senhor. Vale bem a pena esperar!


Boa? Boa.


Fiat500 - carro do ano europeu 2008

Publicado por O Perfeito Idiota às 12:52


Merecia. E, com mérito, foi premiado por jornalistas e público europeus. Não é grande nem vai ser muito barato (cerca de 12000euros, em Portugal), mas é um carro que apaixona desde o primeiro olhar, apesar de não pertencer à elite dos automóveis de luxo ou dos desportivos.
É um automóvel com personalidade e estilo cativantes e, acima de tudo, muito seguro (coisa pouco comum num Fiat).Quanto à construção, as revistas da especialidade não têm dúvidas - melhor fiat de sempre!!
Números a ter em conta: 500 unidades foram vendidas em apenas 9h, no país vizinho; +- 6 meses, é o tempo que um italiano tem de esperar após encomenda (tamanha é a procura) pelo seu 500 personalizado. Estes dados comprovam a 500mania que tem contagiado toda a Europa.
É lindo.
Boa? Boa.

O que é que uma loira faz após um despiste de automóvel?

Publicado por O Perfeito Idiota às 12:22

Boa? Boa.

(o autor do blogue não colocou título por preguiça. Ai o maroto!)

Publicado por O Perfeito Idiota às 12:13



Boa? Boa.

Uma descoberta interessante...

Publicado por O Perfeito Idiota às 12:04



Boa? Boa.

Arafat... menino mau!!

Publicado por O Perfeito Idiota às 15:54

terça-feira, 20 de novembro de 2007


Numa festa de homenagem póstuma a Yasser Arafat, o ambiente aqueceu ao ponto de originar seis mortos e uma centena de feridos entre a assistência. Apesar de morto, é notório que este senhor possui uma cunha importante nos quintos do Inferno, na medida em que continua a exercer o seu poder. O Inferno parece uma qualquer prisão portuguesa...

Boa? Boa.

Há coisas do carago... (2)

Publicado por O Perfeito Idiota às 23:35

domingo, 18 de novembro de 2007



A OMS alerta para uma nova doença infecto-contagiosa: patite v.

Boa? Boa.

O João.

Publicado por O Perfeito Idiota às 22:36


Há dias em que me sinto assim, com vontade de ficar a acenar e a enviar beijinhos, síncrones com as buzinas dos automóveis que passarem pelos meus ouvidos, numa qualquer artéria da capital fria e despida.

Boa? Boa.

Brutal. Só para quem gosta muito, claro está.

Publicado por O Perfeito Idiota às 21:18



Muito boa.

Ainda não me conformei com tantos dias sem uma gota de chuva...

Publicado por O Perfeito Idiota às 15:56

sexta-feira, 16 de novembro de 2007


Para quem duvidava do aquecimento global, este mês trouxe-nos a certeza manifesta na temperatura média e na ausência de pluviosidade. «November rain» começa a ser uma visão do passado.
Boa? Boa.

Ser ex ou não ser ex, eis a questão!?

Publicado por O Perfeito Idiota às 15:49

(foto de Arlindo Camacho, retirada aqui)

"Que vá morrer longe!", ouvi eu da boca de uma senhora, numa viagem de trem há uns dias atrás. No decorrer da escuta à conversa atenta, compreendi que a senhora referia-se daquela forma raivosa ao companheiro de nove anos, agora apelidado de «defunto». E fiquei com esta expressão «que vá morrer longe» colada ao ouvido, tal como o cerúmen fica ao acordar. Após reflexão demorada do Pragal até Roma-Areeiro, concluí que nunca irei compreender francamente este clima de hostilidade e de ódio criados pela maioria das pessoas após terminarem relacionamentos amorosos. Será um mecanismo de defesa criado para esquecer momentos de vulnerabilidade, de entrega, de companheirismo, de paixão, de sexo e de juras de eterno amor? Penso que não. É uma vingança, sobretudo, realizada em nós, por nós e em nosso nome. É uma espécie de catarse vivida com ódio e na rua da hostilidade, exponenciadas por uma pitada de raiva. No fundo, o escárnio, o mal-dizer, o ódio, a hostilidade, o desprezo e a raiva são manifestações externas de uma tentativa interna profunda de castigar o outro pelo fim da relação. É a expiação da dor, pura e dura. Em suma, não se comprazerão com a mera possibilidade de uma futura amizade. Não estão lá mais, para aquele tipo ou tipa.
A transição gramatical que ocorre é uma prova disso mesmo. Passa-se facilmente de uma terminologia de índole carinhosa (exemplo: «amor», «paixão», «ursinho», «princesa», «pequenina», «lindinho») para outra que é a sua antítese (exemplo: «ex», «defunto», «puta», «cabra», and so on...). No entanto, este tipo de comportamento organizado contra essa cambada dos ex é suportada voluntariamente, numa tentativa vil e artificial de esquecer tudo aquilo que foi importante para si em tempos. A vida é muito engraçada... Não concordo, não professo, não gosto. Mas também me fazem disto. E se fazem...

Boa? Boa.

Brutalidade policial.

Publicado por O Perfeito Idiota às 15:23




Desculpem-me a insistência nos vídeos mas este merece largamente estar aqui...

Boa? Boa!

Há coisas assim...

Publicado por O Perfeito Idiota às 11:10



Lindo... Adorei a fuga do paneleiro!

Boa? Boa!

Há coisas do carago...

Publicado por O Perfeito Idiota às 10:59




Boa? Boa...

Já começo a pensar que é um traço de carácter. Esqueci-me de um aniversário, outra vez!

Publicado por O Perfeito Idiota às 10:02

quinta-feira, 15 de novembro de 2007

(tudo aquilo que te devia ter dito no dia 12-11-2007 às 0h01m e que me esqueci)

Nunca encontrei alguém assim... com uma alma com tanto condão, uma cultura tão generosa, uns sonhos tão terrenos, um racíocínio tão brilhante e com uma amizade tão dedicada, tão completa e absolutamente idiota. Ah, e com um bigode tão farto! Ninguém é perfeito, eu sei. Mas assim como és já és bom que chegue. Eu gosto. Parabéns, muitos.
Boa? Boa.

Lindo.

Publicado por O Perfeito Idiota às 11:53

quarta-feira, 14 de novembro de 2007



Boa? Boa...

Lamento... eu sei que é idiota. Mas não resisti!

Publicado por O Perfeito Idiota às 12:01

segunda-feira, 12 de novembro de 2007

Sporting de Braga 3 - 0 Sporting Clube de Portugal
Boa? Boa!!

Terrorismo!

Publicado por O Perfeito Idiota às 11:13

domingo, 11 de novembro de 2007


Aconteceu de manhã cedo, quando ainda o sol abraçava a terra húmida do orvalho. Abri aquela porta branca fortemente magnetizada. Padeci imóvel. O medo, o receio, o terror e o temor juntaram-se numa só voz e desceram em mim. Mas foi ali naquele campo onde a dúvida se esvai e a certeza ganha colorido que conquistei a coragem necessária para agarrar e dominar aquele monstro! Soube mais tarde pela voz do senhor guarda da GNR de Paio Pires que era um elemento há muito procurado pelas autoridades internacionais ligadas ao combate do terrorismo. Era natural do afeganistão e o seu nome verdadeiro era: Al Face.
Tenham medo... tenham muito medo.
Boa? Boa.

Sem palavras...

Publicado por O Perfeito Idiota às 21:39

sábado, 10 de novembro de 2007


http://view.break.com/384813 - Watch more free videos

Só porque me apetece e o blogue até é meu.

Publicado por O Perfeito Idiota às 20:37

Conhecemo-nos há três anos. Conhecemo-nos assim há seis semanas. Grandes cumplicidades. Grandes momentos. Fundimos um ao outro. Fixámos os olhos no que interessa. Em muitas e longas conversas, olhámos, destruímos, construímos, unimos ideias e apresentámos cumprimentos ao destino com um abraço suado pelo desejo. Porque o amor é assim mesmo. Em tudo e sempre leal, incondicional, honesto e grande. Chorámos e rimos das vidas e de nós mesmos.
Porque recordo, quando a noite convidou, o ar refrescante dos açores iluminados pela lua clara de Lisboa aparecida, lá em cima, filtrada na vidraça do quarto piso, de onde o hotel se avista, a palavra apresentou tudo aquilo que os corpos já tinham exclamado bem alto: Amo-te!

Parabéns pelas seis semanas muito felizes. Parabéns por ti, por mim e por nós.

Boa? Boa!

Cenas idiotas... (3)

Publicado por O Perfeito Idiota às 20:11


Já repararam que um encontro amoroso de um cego é sempre um blind date.

Boa? Boa.

Cenas idiotas... (2)

Publicado por O Perfeito Idiota às 19:59


Uma conversa hollywoodesca entre Stevie Wonder e Christopher Reeve:
Stevie: - "então pah, como é que tens andado?"
Chris: - "epah da forma como tu vês!"

Boa? Boa.

Cenas idiotas...

Publicado por O Perfeito Idiota às 19:44


Numa rua invernosa do Bairro Alto, um homem pega no braço de uma transeunte e diz:
- "ASAE - fiscalização. Minha senhora encoste-se à parede porque vou determinar se a sua carne está própria para consumo."

Boa? Boa!

26-Out-07, 23:00, Teatro da Trindade

Publicado por O Perfeito Idiota às 13:21

sexta-feira, 9 de novembro de 2007

Já Tenho Idade Para Ter Juízo!, grande espectáculo. Pedro Tochas, o maior. Eu estive lá, muito porreiro. Adorei, mas ainda não paguei o bilhete. Sou uma fraude, ai pois sou.

Boa? Boa.

Transportes Públicos

Publicado por O Perfeito Idiota às 02:39

domingo, 4 de novembro de 2007

Nos últimos tempos tenho utilizado mais frequentemente os transportes públicos colectivos. Globalmente, tem sido uma experiência muito agradável e plena em situações gostosas e caricatas, como esta:
- "óóó chefe! Abra atrás se fá favor!!!" - gritou guturalmente um dos utentes para o motorista lhe abrir a porta de saída traseira.
Reparem no toque particular de classe dado pelo «óóó chefe» e na entrada no campo do desagradável indecoroso dado pelo «abra atrás». Lindo.
Boa? Boa.