Retrato obscuro

Publicado por O Perfeito Idiota às 02:50

sábado, 18 de agosto de 2007


horas que passam, vive-se a perder, gente que morre com tudo... perde-se a morrer, gente que vive com nada.
dias que ficam, o ponto picado, o coração a bater, pouco amado, muito por viver, braços sem abraço, pernas sem rumo, só por atalhos.
anos que pesam, sabor infinito, de um sonho por descobrir, uma vida inteira, coberta de amargo finito, prepara o corpo, para o medo que arrepia.

foda-se, são três da manhã… o que é que isto interessa? Nada!

Boa? Boa!

2 comentários:

Feitixeira disse...

A madrugada por vezes tem o condão da inspiração... de soltar as ideias inconscientes e de as baralhar com o sono.
Resultado: Originalidade e Arte:)

Beijinhos matinais***

Coach Mourinha disse...

o que é essa cena de andar a utilizar as fotos dos outros.hummmm??? ai ai ai isso tem direitos de autor lol a propósito quando é que mas dás.